O primeiro dia da 49.ª ModaLisboa começou ao ar livre, teve uma boa dose de futurismo com uma nova sala de desfiles no interior do Pavilhão Carlos Lopes – que entre desfiles vai passando vídeos calmos com a vegetação de Lisboa e muita Luz, o tema desta edição – , três prémios para o Sangue Novo e um final de noite forte, com os veteranos Lidija Kolovrat, Valentim Quaresma e Ricardo Preto.  
Há uma tenda branca montada em frente ao Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII, com uma loja pop-up com 18 marcas portuguesas (aberta ao público até domingo) e muito movimento em volta. A três passos fica um pequeno largo onde serão todos os desfiles da plataforma micromarcas LAB (à excepção da joalharia medicamente prescrita de Olga Noronha), lá dentro, a nova sala de desfiles tem luzes fortes e uma convidada de peso: Suzy Menkes, editora da Vogue Internacional. Costuma ser o dia mais sossegado da ModaLisboa mas desta vez começou com casa cheia logo nos primeiros desfiles.
Coube a Ricardo Preto fechar o primeiro dia em beleza. Diz que é a colecção com mais amor que já fez - por isso se chama Whole Lotta Love, como a música de Led Zeppelin que serviu de banda sonora  - e foi pensada para "enfrentar a selva urbana" com muitas flores e animais, que identifica como símbolos de alegria, beleza ou fantasia. Mas com espaço para a simplicidade de uma gabardine branca (a chinela com pêlo corta logo o simples e dá personalidade).

© ModaLisboa / Photography: Rui Vasco


You may also like

Ricardo Preto FW 17/18 in VOGUE.pt
2017
ModaLisboa Luz: Ricardo Preto in Vogue.pt
2017
Luxury basics in Inquirer
2016
Meam by Ricardo Preto in Vogue Portugal
2013
#VogueIconicParty: Getting Ready in Vogue.pt
2017
Ricardo Preto Verão 2013 in Máxima.pt
2012
Nova coleção de fardas no Bairro Alto Hotel in Ambitur
2017
Ricardo Preto, Verão 2017 | Homem in Máxima Portugal
2016
Ricardo Preto FW17 | ModaLisboa in GQ.pt
2017
Uma luz que nunca se apaga in Portugal Têxtil.com
2017
Back to Top